05 de Novembro de 2020

CULTURA

Primeiro longa dirigido por Wagner Moura, Marighella chegará às telas de todo o país no dia 14 de abril de 2021. O filme conta a história de Carlos Marighella (vivido pelo cantor Seu Jorge), político que se tornou guerrilheiro durante a ditadura militar e acabou morto por agentes da repressão no Centro de São Paulo, em novembro de 1969. Moura não esconde a frustração com a demora na estreia, adiada duas vezes. Especialmente porque as filmagens foram concluídas em 2017.

COTIDIANO DIGITAL

O Pokémon GO se tornou o terceiro jogo móvel mais rentável do ano. Em apenas 10 meses, gerou US$ 1 bilhão em receita — a sua melhor marca já registrada. Só fica atrás de Playerunknown’s Battlegrounds (PUBG) Mobile e Honor of Kings. Depois de viralizar em 2016, o Pokémon GO teve uma queda na popularidade, mas conseguiu se recuperar com atualizações constantes e criação de eventos. Com a pandemia, ainda adaptou os recursos para os usuários poderem jogar dentro de casa.

Independente do resultado das eleições americanas, o Brasil, junto ao Japão e aos EUA, vai assinar nas próximas semanas um acordo de defesa da segurança nas redes, que pode limitar a Huawei. Os termos ainda estão em discussão, mas tanto o governo americano como o japonês querem uma referência direta à importância da escolha de colaboradores confiáveis para a infraestrutura de 5G. Enquanto os diplomatas brasileiros querem termos genéricos para não ficarem mal com a China. Os EUA, no plano global, e o Japão, no regional, são atualmente os maiores antagonistas do governo chinês.

VIVER

O caso de Mariana Ferrer, humilhada por advogados de defesa durante o julgamento do empresário André de Camargo Aranha, acusado de estuprá-la, chegou ao Congresso. Um grupo de deputadas apresentou projeto que altera a Lei de Abuso de Autoridade para incluir o crime de “violência institucional”. A mudança prevê prisão de até um ano e três meses para autoridade que, por ação ou omissão, prejudique “o atendimento à vítima ou testemunha de violência ou causem a sua revitimização”. O “inspirador” do projeto é o juiz Rudson Marcos, que não impediu os ataques a Mariana feitos pelo advogado Cláudio Gastão da Rosa Filho. Aranha acabou absolvido por falta de provas.

Já o MP de Santa Catarina defendeu a atuação do promotor Thiago Carriço de Oliveira, afirmou que o vídeo com trechos do julgamento foi editado e pediu a divulgação da íntegra. Pelo lado dos advogados, juristas criticaram a postura agressiva de Gastão Filho, mas acham improvável a anulação do julgamento.

A Covid-19 voltou a agitar o meio político de Brasília. Desta vez a doença atingiu o deputado Artur Lira (PP-AL), líder do Centrão e possível candidato do governo à presidência da Câmara. Em vídeo, o próprio Lira anunciou o diagnóstico e disse que não poderá participar de eventos marcados com o presidente Jair Bolsonaro.

Como aconteceu em feriados prolongados anteriores, o número de novas mortes por Covid-19 no Brasil deu um salto, com 622 novos óbitos em 24 horas, contra 276 registrados ontem. Com isso, a média móvel de mortes em sete dias subiu para 384, embora ainda indique tendência de queda. O país tem até agora 5.590.941 infectados e 161.170 mortes.

E uma notícia vai provocar revolta nos defensores dos direitos dos animais. A Dinamarca vai sacrificar 17 milhões de visons (um animal semelhante à doninha) após identificar uma mutação no vírus SARS-COV-2 que impede o doente de desenvolver anticorpos. A mutação foi descoberta após 12 pessoas contraírem Covid-19 de visons, que são criados em cativeiro para produção de casacos de peles. (Globo)

O Congresso aprovou ontem, em sessão virtual, projeto do governo que repassa R$ 1,4 bilhão do MEC para obras de cinco ministérios. O texto, que vai agora à sanção presidencial, passou após o Executivo se comprometer a enviar outro projeto recompondo o dinheiro do MEC – só não se sabe quando.

Seis anos depois de o Colorado quebrar tabus como primeiro estado americano a liberar a maconha, os eleitores do Oregon foram mais longe. Junto com a eleição presidencial de terça-feira, eles aprovaram a descriminalização da posse de pequenas quantidades e uso de todas as drogas, incluindo as ditas pesadas, como LSD, heroína e metanfetamina. Não chega a ser uma liberação geral, pois o tráfico ainda é crime, e os usuários flagrados terão que pagar multa, mas já não correm o risco de serem presos.

Hora da Panelinha. Estar sozinho não é desculpa para comer mal. Nada de descongelar algum prato pronto ultraprocessado. Hoje temos uma dica de prato individual cheio de sabor: a batata rosti com queijo meia-cura – aquela maravilha que nos faz agradecer por Minas Gerais existir. São pouquíssimos ingredientes, um preparo bem menos complexo do que se pensa e um resultado maravilhoso. Ah, e “individual” não quer dizer “solitário”. Faça duas delas, acrescente uma saladinha de rúcula, um vinho e temos um jantar a dois digno de restaurante.

ECONOMIA

O Congresso derrubou o veto de Bolsonaro à prorrogação até 2021 da desoneração da folha. O governo era contra e avalia um impacto de R$ 4,9 bilhões aos cofres, enquanto os 17 setores beneficiados defendem a medida pra não demitirem. A medida reduz a contribuição de 20% para 1% a 4,5% sobre a receita bruta. (Estadão)

Mas… O governo não saiu perdendo. Em troca, pediu a aprovação de créditos adicionais de R$ 27 bilhões no Orçamento deste ano. São projetos que entre eles, remanejam recursos do MEC para obras públicas e reforçam o seguro-desemprego. (Estadão)

A indústria eliminou as perdas acumuladas durante a pandemia. Em setembro, a produção avançou 2,6%, em comparação com o mês anterior. Essa é a quinta alta mensal consecutiva e elimina as perdas de 27,1% acumuladas em março e abril. Em relação a setembro de 2019, a indústria cresceu 3,4%, interrompendo dez meses de resultados negativos seguidos. (Folha)

Enquanto isso… Os preços dos produtos mais procurados na quarentena estão quatro vezes acima da inflação. Juntos subiram em média 5,80% no varejo, entre maio e outubro, enquanto a inflação geral do período foi de 1,35%. O subgrupo que reúne TV, aparelhos de som e itens de informática foi o que teve a maior alta, quase 18%. (Estadão)

Mas são os alimentos que estão pressionando a inflação e espalham a alta de preços. No IPCA-15 de outubro, esse setor pressionou 64%. (Estadão)

Por causa da pandemia, os 11 Estados que furaram o teto em 2018 e 2019 querem aval do Congresso pra só cumprirem a regra em 2021, 2022 e 2023. A ideia faz parte de um novo Plano Mansueto que estenderia o prazo de pagamento dos entes que vai até o final deste ano. No total, precisam restituir R$ 43,9 bilhões ao governo federal. Na proposta dos Estados, ainda querem excluir as despesas com saúde e educação do limite e ganhar um repasse de R$ 4 bilhões ainda neste ano para repor perdas da isenção das exportações de cobrança do ICMS. O texto deve ser votado na Câmara logo após as eleições municipais. (Folha)

A suspensão do IPO do Ant Group é só o começo. Segundo a Bloomberg, as autoridades chinesas estão em “campanha renovada para controlar o império de fintechs criado por Jack Ma”. O governo planeja desencorajar os credores de usarem as plataformas de crédito da empresa, sua maior fonte de renda. São responsáveis por canalizar empréstimos de bancos e outras instituições financeiras para milhões de consumidores em toda a China.

Na temporada de balanços… A Gol teve um prejuízo de R$ 1,696 bilhões no 3º trimestre. Bem acima dos R$ 171 milhões em igual período de 2019. A sua receita caiu 74% para R$ 975 milhões, mas esse resultado representa um aumento de 172% na comparação com o segundo trimestre.

Na expectativa pela vitória de Joe Biden, as Bolsas ficaram em alta. O Ibovespa fechou em +1,97%, aos 97.866,81 pontos, e o dólar caiu para R$ 5,65. Em Nova York, o S&P 500 ficou em +2,20% e o Dow Jones em +1,34%.

Na Ásia, os índices também ficaram em alta. O Nikkei japonês fechou em +1,73%, o Shanghai chinês em +1,30%, o Hang Seng de Hong Kong em +3,25% e o Kospi coreano em +2,40%. Na Europa, abriram em alta com a decisão do Banco Central do Reino Unido de injetar mais estímulos na economia. Os índices, no entanto, ainda estão pressionados pela falta de resultado das eleições americanas. Pela manhã, o DAX alemão estava em +0,73%, o FTSE 100 inglês em +0,06% e o CAC 40 francês em +0,54%.

Fonte: Meio

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *