Poema não se encomenda

Que poema não se encomenda
nasce feito
e vem do fundo azul do peito

Que poeta nasce
sente
mas nunca é eleito

Que poeta nunca
maior que poema

Que poema imortaliza
o poeta que morre

Sem nome
nem sobrenome
que fique
o verso
e morra o homem

Por Bosco Martins

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *