13 Ago 2019

Mercado argentino tem queda histórica e Bolsonaro vê caos

A segunda-feira foi de pânico nos mercados argentinos, perante a imensa dificuldade que terá de conseguir a reeleição o presidente Mauricio Macri. A Bolsa caiu quase 38% e o dólar disparou, aumentando também quase 37%, batendo recordes, e forçando o Banco Central a intervir. Aumentou a taxa básica de juros da economia em dez pontos percentuais, alcançando 74% ao ano. Em Nova York, ações de empresas argentinas sofreram quedas de até 60%. O antigo chefe de gabinete de Cristina Kirchner, Alberto Fernández, é franco favorito para ocupar a Casa Rosada e ela própria deve ser a próxima vice-presidente. (Estadão)

Convertendo em dólares, a perda de valor do índice Merval, da Bolsa argentina, chegou ontem a 48%. É a segunda maior da história. Perde apenas para os quase 62% sofridos no mercado do Sri Lanka, em 1989. O país estava em meio a uma Guerra Civil. (Bloomberg)

Em visita a Pelotas, o presidente Jair Bolsonaro se manifestou. “Se essa esquerdalhada voltar aqui na Argentina, poderemos ter, sim, no Rio Grande do Sul, um novo estado de Roraima”, afirmou, referindo-se à migração de venezuelanos para o norte do país. “Não queremos isso, tendo em vista o que de ruim parece que deve se concretizar por lá.” Para Bolsonaro, o retorno do kirchnerismo representará o derretimento da Argentina, que se transformará numa Venezuela. (G1)

O governo brasileiro estuda, inclusive, que o Brasil deixe o Mercosul em caso de uma derrota de Macri. A decisão prejudicaria o acordo de livre-comércio entre o bloco e a União Europeia. (Globo)

Guga Chacra: “Estas declarações de Bolsonaro apenas prejudicam Macri. Para Macri, a pior coisa que pode ocorrer é ser associado a Bolsonaro, com péssima imagem na Argentina (e os dois são mto diferentes). Para Fernandez/Kirchner, o pior é ser associado a Maduro (e tb são diferentes).” (Twitter)

Há um sinal de alerta ligado no Planalto: o governo tem a missão de melhorar a relação com os senadores. Eles vêm se queixando, informa Gerson Camarotti. “Existe uma dificuldade enorme de ministros e assessores para receber os senadores”, conta Chico Rodrigues, que relatará a indicação de Eduardo Bolsonaro para a Embaixada de Washington. O filho zero três só recebe o cargo se for aprovado pela Casa. E os parlamentares estão aproveitando o momento. (G1)

O presidente do PSL, Luciano Bivar, está em campanha para que o partido bolsonarista expulse de seus quadros o deputado Alexandre Frota. Seu pecado foi o de criticar o presidente. O parlamentar já tem convites para integrar PSDB e DEM, segundo o Painel. (Folha)

Em entrevista ao Segunda Chamada de ontem, o líder do partido na Câmara, Delegado Waldir, garantiu que não há chances de Frota ser expulso. (MyNews)

Aliás… A direção do PSDB deu ao deputado Aécio Neves até quinta-feira para que peça licença. Se não o fizer, dezenas de diretórios estarão prontos para dar entrada com seu pedido de expulsão, conta Lauro Jardim. (Globo)

A procuradora-geral da República Raquel Dodge segurou por mais de 120 dias investigações a respeito de Jair Bolsonaro. Os casos incluem a Wal do Açaí, funcionária fantasma de seu gabinete no período em que era deputado, e o de Nathalia Queiroz — filha de Fabrício Queiroz — também sua assessora, que também não dá indícios de que trabalhava. Dodge segurou os casos enquanto articulava para ser reconduzida pelo presidente ao cargo. (Folha)

A Câmara vota, hoje, a medida provisória 881 — Lei da Liberdade Econômica. Uma das principais bandeiras do governo, autoriza o trabalho aos domingos — desde que a folga seja reposta —, dispensa alvarás prévios de funcionamento para pequenos comerciantes e prestadores de serviço, cria uma carteira de trabalho digital e inclui outros atos que simplificam a vida de pequenas e médias empresas. (Globo)

HEALTHTECH

Duas empresas começam a utilizar blockchain, a tecnologia por trás das criptomoedas, em saúde. A intenção da britânica Medicalchain é de que as pessoas armazenem elas próprias seus dados de saúde, prontuários sempre atualizados a cada visita, não importa o médico. A eslovena Iryo facilita o acesso seguro a este prontuário de toda a vida, não importa onde no mundo. Em ambos os casos, blockchain garante não só que os dados jamais foram modificados como que estão seguros, acessíveis apenas a quem o dono permitir.

A PillPack é uma empresa pertencente à Amazon que envia para o usuário os remédios que precisa tomar já devidamente separados em saquinhos com o dia e a hora em que devem ser tomados. Adeus frascos, adeus necessidade de organizar tudo pessoalmente. A gigante das farmácias americanas CVS a está processando para impedir que um antigo executivo seu trabalhe por lá. A Walgreens processa para não ser obrigada a transferir receitas de pacientes que o peçam. Uma terceira companhia, que oferece a médicos um serviço para preenchimento eletrônico de receitas, processa por outro motivo. Acusa uma terceirizada de ter compartilhado seus dados com a startup de remédios. Guerra declarada. Todos desejam, na Justiça, impedir o crescimento da concorrente com modelo tão novo.

Enquanto isso… Uma tradicional companhia farmacêutica, a Eli Lilly, está abrindo um acordo com a Apple. Na quinta será anunciado um paper no qual cientistas afirmam ter conseguido detectar os primeiros sinais de demência a partir de Apple Watches e iPhones. Indícios como queda no ritmo de digitação de texto e outras mostras de mudança de comportamento sugerem que os aparelhos poderão ajudar no diagnóstico. Mas ainda é avaliação preliminar.

CULTURA

Um dos pais do modernismo e intelectual responsável por ajudar a mudar os rumos da arte brasileira, Mário de Andrade ganha “sua biografia de maior fôlego”, pelas mãos do jornalista Jason Tércio. Fruto de uma pesquisa iniciada nos anos 1990, o livro foi anunciado e adiado diversas vezes ao longo dos últimos anos, mas agora chega às livrarias. Mário morreu em 1945 e, de lá para cá, muito se especulou sobre por que não havia livros sobre sua vida.“[A sexualidade] é um aspecto irrelevante em um cara que teve uma vida épica. Esse foco sexual serve para desviar do mais importante, que é o papel intelectual dele”, diz o biógrafo. Em Busca da Alma Brasileiracontesta, ainda, o papel de Oswald de Andrade na introdução da vanguarda no país. Leia a crítica completa.

Museus de arte e história no Brasil tiveram um forte aumento de público no primeiro semestre de 2019 em relação ao mesmo período de anos anteriores. Em levantamento do G1 com 40 grandes museus em todas as regiões do Brasil, 37 cresceram. E três bateram recordes. Na soma destes museus, o 1º semestre de 2019 registrou aumentos de 50% sobre a média do mesmo período nos últimos quatro anos e de 61% em relação a 2018. O Masp, em SP, já tem em sete meses a maior visitação anual desde 2012, quando teve 556 mil visitantes – recorde histórico. E a marca deve ser batida. Até o final de julho deste ano, foram 533 mil pessoas. O crescimento tem surpreendido os diretores e equipes destas instituições, que tentam entender o fenômeno – alguns diretores falam em reação a discussões sobre cultura após cortes, mais representatividade e ajuda de redes sociais.

No aniversário de Alfred Hitchcock, o próprio, em 1964, fala sobre suas intenções para Psicose. Considerado o mestre dos filmes de suspense, o britânico desenvolveu vários recursos que se tornariam cada vez mais populares em Hollywood e transformou a história do cinema com uma filmografia memorável. Para conhecer seu trabalho, confira nove filmes do cineasta e duas produções baseadas em sua obra. “Existe algo mais importante que a lógica: a imaginação. Se a ideia é boa, jogue a lógica pela janela” é uma das suas frases mais reproduzidas.

VIVER

Movimentos sociais e entidades que representam estudantes e trabalhadores convocaram atos em todo o país para hoje contra o contingenciamento de recursos e as propostas apresentadas pelo governo Jair Bolsonaro para a educação. É o terceiro protesto contra o presidente desde que ele assumiu o mandato, em 1º de janeiro de 2019. A área é uma das mais afetadas por bloqueio de recursos.

Desde janeiro, 182 países notificaram 364.808 casos de sarampo, quase três vezes os contabilizados no mesmo período do ano passado, informou ontem a OMS. A organização salienta que este número é uma subestimação; calcula-se que reflita apenas 10% dos casos reais. Segundo a Organização Pan-Americana da Saúde, o Brasil registra atualmente o segundo maior número de casos de sarampo das Américas; região confirmou 2.927 casos neste ano (até o dia 7 de agosto). O maior número de episódios da infecção foi registrado nos Estados Unidos (1.172). A Venezuela (417) aparece na terceira posição.

Hao Hao, uma panda-gigante, deu à luz filhotes gêmeos no zoológico Pairi Daiza, em Brugelette, na Bélgica. A instituição classificou o nascimento dos gêmeos – um macho e uma fêmea – como “extremamente raro”. Veja fotos.

Fotos: manifestação em Moscou. Centenas de russos organizaram o que vem sendo considerado como o maior protesto político do país nos últimos oito anos (Reuters Pictures).

COTIDIANO DIGITAL

Alguns já estão vendo o sinozinho no Twitter. Se um post gera interesse, clique o sino — a rede social vai informar sobre as respostas àquele tweet, permitindo que certas discussões possam ser acompanhadas. É parte do desejo, ainda incipiente, de gerar discussões mais profundas numa rede conhecida pela pancadaria.

Talvez uma das mais importantes redes de blogs do mundo, a Tumblr está mudando de dono — de novo. O Yahoo! a havia comprado, em 2013, por US$ 1,1 bilhão. O velho portal indexador foi adquirido, por sua vez, pela operadora de telecom Verizon, em 2017. Jamais conseguiu dar destino ao Tumblr. Por US$ 3 milhões — uma fração de seu preço inicial — agora o site muda novamente de mãos. Seu novo dono é a Automattic, empresa por trás do WordPress, a mais badalada plataforma para publicação de blogs pessoais que há.

Fonte: @Meio

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *